Oficina de capacitação turística no Cantá

O curso de Turismo da UERR (Universidade Estadual de Roraima) oferece qualificação teórica e técnica, por meio de oficinas, para pessoas que trabalham na condução de grupos de visitantes e turistas, em áreas naturais. No município do Cantá 15 condutores locais já concluíram a primeira etapa do treinamento.

A atividade é uma iniciativa da prefeitura do Cantá em parceria com o Departamento de Turismo do Estado de Roraima (DETUR) e com a Universidade Estadual de Roraima, por meio do curso de Turismo. Mas qualquer município pode participar do programa de qualificação.

A oficina tem carga de 40 horas. É realizada no município interessado e recebe certificação pelo Departamento de Turismo de Roraima e pelo curso de Turismo da UERR.

No Cantá, na primeira semana de oficina (dias 6, 7 e 8), foram ofertadas noções de primeiros socorros e toda parte teórica da capacitação em condução local de visitantes e turistas em áreas naturais. Já na segunda semana (dias 14 e 15) serão realizadas atividades práticas nas principais trilhas ecoturísticas do Cantá, com aplicação prática dos conhecimentos adquiridos pelos condutores.

A turma de condutores que passa pela qualificação é formada por moradores do Cantá. São trabalhadores que buscam a oportunidade de ampliar seu rol de conhecimentos, melhorar o currículo e contribuir para o desenvolvimento do segmento turístico naquele município, por meio da condução em trilhas ecológicas, a exemplo da trilha da Serra Grande.

A oficina vem sendo ministrada pelas acadêmicas do curso de Turismo: Valeska Doric e Kais Brito, supervisionadas pelo professor e coordenador do curso, Bruno Dantas Muniz de Brito e pela equipe técnica do DETUR.

“Estamos à disposição dos demais municípios de Roraima que manifestem interesse na qualificação e aperfeiçoamento profissional, visando o desenvolvimento da atividade turística no Estado. Basta procurar o curso de Turismo para que possa ser formalizada a parceria e elaborado o plano de trabalho”, afirmou o professor Bruno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *